Somos o que pensamos.

   
O Pensador é uma das mais famosas esculturas de bronze do escultor francês Auguste Rodin. Retrata um homem em meditação soberba, lutando com uma poderosa força interna. O Pensador originalmente procurava retratar Dante Alighieri em frente dos Portões do Inferno, ponderando seu grande poema em A Divina Comédia. A escultura está nua porque Rodin queria uma figura heroica à la Michelangelo para representar o pensamento assim como a poesia...(*)
       A escultura correu mundo e ganhou fama. Mas, reflitamos sobre o exercício do pensamento, o ato de pensar, em simples palavas, sem grandes pretensões. Pensar é um exercício necessário ao ser humano. O filósofo e matemático René Descartes refletiu: penso,Logo existo. Fez isto por ter posto em dúvida a própria existência, a fim de fundamentar em bases mais sólidas o conhecimento humano, livrando-o das bases mitológicas medievais em que grande parte deste estava assentado.
      Discussão filosófica à parte, o fato é que nos distinguimos dos demais seres criados aqui na terra(veja que anotei:seres criados. Creio e prego o criacionismo), por sermos seres pensantes. E ainda, por termos corpo, alma e espírito, como nos ensina a Palavra de Deus. Pensamos e pensamos o tempo todo. O cérebro nunca desliga. O problema começa, quando nos descuidamos dos nossos pensamentos e damos espaço para pensamentos maliciosos, pecaminosos.
      Por isso, a Palavra de Deus nos ensina: Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo. (2 Co10:5). Pensemos nisto e levemos, com todas as nossas força, todo pensamento. Isso mesmo,você leu certo:Todo pensamento. Nossos planos, projetos e reflexões. Não são apenas os pensamentos que querem nos perturbar, aqueles que julgamos pecaminosos. Não! Todo pensamento deverá ser submetido à obediência de Cristo. Isso significa que a mente do crente deverá estar sob o controle total do Senhor nossos Deus.
      Se isso ainda não está acontecendo com você, aceite o convite do apóstolo São Paulo: Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. (Romanos 12:1-2).

 Em Cristo, Pr Semir Lira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não é só sobre hoje…

Mensagem do Pr. Jackson Rodrigues