A Ópera do Malandro...Ontem e Hoje.

        Hoje, em visita ao site de Veja, tive uma ideia. Dado o momento político que vivemos em nosso país, quis saber o que acontecia no Brasil no ano de meu nascimento, 1978. Fui ao Acervo digital Veja e busquei algumas revistas daquele ano. Como sou do mês de agosto, mais precisamente do dia 03, vi que dia 02 de agosto de 1978 saiu uma edição de Veja. Daí, olhando o índice e folheando a revista em formato digital, descobri muitas outras coisas e descobri que a coleção do acervo digital de Veja é uma forma interessantíssima de se viajar no tempo. Daí, nasceu a ideia de alguns posts que se seguirão com esse tema "Viajar no tempo...Com o acervo digital de Veja." Espero que
gostem da ideia e, quem sabe, até aproveitem para fazer o mesmo. Já se perguntou como era nosso país, no ano em que você nasceu? Na política, na economia, na educação? Como era o mundo? No ano em que nasci, na semana de meu nascimento, olha a capa de veja:


E  são muitas as surpresas....

Exatamente essa capa que as pessoas que adentravam aos consultórios se deparavam (é nos consultórios, que elas costuma estar ali gratuitamente para algumas folheadas enquanto se espera a vez de ser atendido...). Mas minha amada mãe não deve tê-las visto, pois assim como acontece ainda hoje, naquela época, medicina particular e de qualidade - sinônimo de revista Veja na sala de espera?, acho que sim! - era privilégio de poucos. E meus pais não estavam entre esses poucos que a ela tinham acesso...
E, dentre tantas constatações que fiz, uma delas é a de que Chico Buarque já está vários anos mais velho, mas a "Ópera do Malandro Continua". E que a ópera do Malandro foi aperfeiçoada...
Que deus tenha misericórdia de nosso país, é minha oração e meu sincero desejo.
Sei que muita coisa mudou de 1978 até aqui, algumas pra melhor, muitas outras pra pior... Muitos projetos poderiam já ter sido implementados para o bem da sociedade, mas não perco as esperanças. Pois Deus não é um mero agente passivo da história e continua agindo em favor de seu povo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Somos o que pensamos.

Não é só sobre hoje…

Mensagem do Pr. Jackson Rodrigues